Google Analytics 4: O prazo está acabando. Não espere até o último minuto para fazer a migração!

Os impactos de adiar a migração para o Google Analytics 4 podem ter consequências significativas para o seu negócio. Neste post, vamos mostrar os principais problemas de não atualizar para...

O Google Analytics 4, também conhecido como GA4, chegou trazendo uma série de inovações e recursos avançados para a análise de dados na era digital. No entanto, muitas empresas ainda não fizeram a migração para essa nova versão, o que pode resultar em diversos impactos negativos.

Neste post, vamos mostrar os principais problemas de não atualizar para o GA4 e explicar por que é importante fazer essa mudança o mais rápido possível.

O que é Google Analytics 4?

O GA4 (Google Analytics 4) é a versão mais recente do Google Analytics, uma ferramenta que analisa os dados do seu site ou aplicativo. Com o GA4, você pode ver como as pessoas usam o seu site, entender o que elas fazem e melhorar seu negócio.

Essa nova versão tem algumas coisas diferentes em relação à versão antiga, chamada Universal Analytics. Por exemplo, agora o GA4 presta atenção nos eventos que acontecem, ou seja, nas coisas importantes que as pessoas fazem no seu site. Isso ajuda a entender melhor o comportamento delas. Além disso, o GA4 tem uns recursos avançados que podem até prever o que as pessoas vão fazer e funciona melhor junto com outras ferramentas do Google, como o BigQuery e Looker Studio.

Se você quiser saber mais sobre as mudanças e benefícios do Google Analytics 4, não deixe de ler este artigo. Explicamos tudo sobre essa nova versão do Google Analytics, destacando as principais mudanças e todas as possibilidades que você pode explorar pra tirar o máximo de proveito da ferramenta.

O que acontece se o seu site não migrar para o Google Analytics 4?

Se você não migrar para o Google Analytics 4 (GA4) após 1º de julho de 2023, sua propriedade do Universal Analytics continuará existindo por algum tempo, mas não processará mais dados. Isso significa que você não poderá coletar e analisar novos dados usando a versão antiga do Google Analytics.

Embora você possa visualizar relatórios históricos do Universal Analytics por um período, após essa data é altamente recomendável migrar para o GA4 para aproveitar os recursos e benefícios da nova versão. Abaixo estão os três principais problemas de não fazer a migração:

1- Perda de dados

Ao decidir adiar a migração para o GA4, uma das consequências imediatas é a perda de dados valiosos. Para quem atua no mundo online e no marketing digital, a coleta de dados desempenha um papel fundamental. No entanto, é importante destacar que os dados do GA não são compatíveis com o GA4.

De fato, não é possível simplesmente transferir os dados históricos para o GA4. O GA4 representa uma nova versão aprimorada do Google Analytics, com recursos avançados e uma arquitetura totalmente diferente. Isso implica que as informações passadas e as configurações personalizadas do GA não serão migradas automaticamente para o GA4.

Sem os dados históricos, pode ser difícil avaliar o desempenho passado e fazer comparações com as métricas anteriores. Isso pode dificultar a identificação de tendências, a compreensão do impacto de certas ações ou decisões e a tomada de decisões informadas no futuro.

2- Atraso no aprendizado e adaptação às novas funcionalidades

O Google Analytics 4 utiliza inteligência artificial e aprendizado de máquina para preencher as lacunas nos dados e fornecer insights mais precisos. Essa modelagem ajuda a compensar a perda de dados devido a bloqueadores de cookies e a oferecer uma compreensão mais completa do comportamento do usuário em seu site.

O GA4 é diferente do Universal Analytics (UA) porque tem uma abordagem nova e inovadora, focada no usuário. Isso significa que ele coloca mais ênfase nas ações e experiências individuais dos usuários, em vez de apenas contar visitas e visualizações de página. Essa abordagem mais centrada no usuário permite uma compreensão mais profunda do comportamento e preferências dos usuários.

Ao adiar a migração para o Google Analytics 4, você perde a oportunidade de aprender e se adaptar a essas novas funcionalidades e à forma de interpretar os dados no GA4. Isso pode dificultar também a curva de aprendizado dentro da sua propriedade do GA4.

3- Oportunidades perdidas de otimização e personalização.

A nova versão da ferramenta oferece recursos avançados, como análise de funis de conversão, modelagem de dados avançada e segmentação de público-alvo. Esse recurso permite que você crie segmentos mais específicos com base em critérios demográficos, comportamentais e de interesse. Com segmentação mais refinada, você pode personalizar a experiência do usuário, direcionar campanhas de marketing com mais eficácia e entender melhor as preferências do seu público-alvo.

Ao não migrar para o GA4, você estará perdendo a chance de aproveitar essas funcionalidades para otimizar seu site, personalizar a experiência do usuário e tomar decisões informadas com base em dados mais precisos.

🚨Está correndo contra o tempo e precisa de ajuda para realizar a migração?

Caso precise de ajuda, clique aqui e entre em contato conosco o mais rápido possível para garantir o seu lugar em nosso pacote de migração essencial GA4 e auditoria SEO/CRO.

Não espere até o último minuto para migrar para o GA4. Os impactos de adiar essa transição podem ser significativos. Ao fazer a migração para o GA4 o quanto antes, você poderá aproveitar todos os benefícios e recursos avançados oferecidos por essa nova versão, melhorar sua análise de dados, otimizar seu site e tomar decisões informadas com base em informações mais precisas.

Voltar para o blog

contato

Projetos

Envie o máximo possível de detalhes, assim podemos entender o tipo de projeto e avaliarmos se podemos ajudar.

Vagas

Estamos contratando. No link abaixo você pode enviar seu perfil, currículo e portfolio.

Redes Sociais